ASSOC. DOS REDATORES E LOCUTORES ESPORTIVOS DE RONDÔNIA : site oficial do clube de futebol de Porto Velho - Rondônia - footeo

S C GENUS X ARIQUEMES - PORTÕES FECHADOS

19 de julho de 2018 - 18:51

AOS SENHORES E SENHORAS DA IMPRENSA QUE IRÃO TRABALHAR NA COBERTURA DA PARTIDA. APENAS E SOMENTE OS PROFISSIONAIS CREDENCIADOS E QUE ESTARÃO A SERVIÇO TERÃO ACESSO AO ESTÁDIO.

NA ARQUIBANCADA PODERÁ FICAR APENAS O CINEGRAFISTA, OS DEMAIS, DENTRO DAS CABINES.

OBSERVAÇÕES EM JOGOS DE PORTÕES FECHADOS

Baseado no Art. 67 do RGC - Regulamento Geral das Competições -, em seus parágrafos e incisos, o blog traz algumas informações importantes principalmente para o árbitro do jogo.   § 1º - Em jogos de portões fechados não será permitida, sob nenhuma hipótese, a presença de torcedores, a venda de ingressos e a expedição de convites, o que inclui os sócios dos clubes, os portadores de cadeiras perpétuas, os proprietários e usuários de camarotes, e os portadores de ingressos permanentes.   § 2º - O árbitro deverá observar e registrar na súmula (campo conduta do público) a existência de torcedores nas arquibancadas/setores do estádio, estimando o número de presentes.   § 3º - Terão acesso normal ao estádio:              I - os profissionais de Imprensa  credenciados, inclusive o pessoal de serviços de apoio às atividades de rádio, jornal e TVs;           II - o pessoal operacional a serviço das atividades técnicas e administrativas requeridas para a partida, escalado pela administração do estádio;             III - os membros das comissões técnicas dos clubes, como integrantes das correspondentes delegações;           IV - os dirigentes de cada clube, da federação envolvida na partida e da CBF mediante apresentação das credenciais limitadas a cinco(5) para cada ente desportivo, os quais ocuparão camarotes ou cabines previamente reservadas ou lugares nas tribunas de honra, conforme designação da administração do estádio, supervisionada pela federação local.   § 4º - o clube mandante deverá solicitar a presença de policiamento exigido para um jogo normal, tanto interno para ações da partida, quanto externo para coibir invasões do estádio por torcedores e pessoas não autorizadas.   § 5º - a eventual presença de torcedores e pessoas não autorizadas no estádio representará infração grave, e como tal, será comunicada ao TJD para tomadas de medidas cabíveis.   Ainda tem os parágrafos § 6º e § 7º - mesmo sem receita financeiras, é necessária a emissão do borderô da partida e o cumprimento da pena do mando de campo com portões fechados dar-se-á após 3 dias do recebimento do DCO.

Comentários